29 abril, 2010

O fim do Meu País Azul


Aqueles de vós (poucos certamente) que me têm acompanhado ao longo destes anos sabem que este blog foi criado com um intuito.

De certa forma foi criado para ser terapêutico. Com o passar dos anos passou a ser mais do que isso. De forma que o sentido dele acabou por se perder e deixou de fazer sentido.

Por tudo isso, decidi que termina aqui.

Claro que sabeis, que eu gosto realmente de blogs, vê-se pela quantidade e de anos que me tenho mantido por aqui. Por isso, estou certa que em pouco tempo reaparecerei por aí pela blogosfera com algo novo, diferente e que tenha mais sentido para mim.

Vou deixar este cantinho aqui, para construir algo mais sólido, e também menos monocromático.

Obrigada a todos, por este tempo em que carinhosamente me acompanharam.

Um abraço especial aos resistentes que me acompanham desde sempre, e sempre, mesmo nas fazes mais chatas. A vossa presença aqui foi-me deveras importante.

Sem grandes suadíssimos, fica um até a um destes dias.



Alma Azul

22 comentários:

Dantins disse...

Até um dia destes e obrigada pela vizinhança!!

Espero que regresses breve sempre com a alma em tons de azul...

Um abraço e fica bem

Maria Tuga disse...

Volta depressa e avisa. Vai comentando as minhas fotos.Bj

nina rizzi disse...

tenho a certeza que essa mente brilhante vai vltar com boas novas :)

mas não demoe, hein! sentiremos saudades.
beijos.

rv disse...

até logo e um abraço gd.

S-Kelly disse...

"Com os meus amigos aprendi que o que dói às aves,não é o serem atingidas, mas que, uma vez atingidas,o caçador não repare na sua queda." Daniel Faria in Portico
Até já!
Abraço forte

Filha de SafO disse...

M_L,
fico a espera das coordenadas do novo "sítio".
Abraço nosso apertado :)

Estrelaminha disse...

boa tarde!
estou certa que vais voltar. melhor (sendo possível), mais madura e mais tu.
bom fds!

beijocas

Anelise Cristina disse...

Não pode acabar!
... mas entendo o que você sente.
Confesso nunca ter comentado em teu Blog antes, mas há algumas semanas em que o acesso todos os dias...sua poesias e textos fazem-me flutuar e me desconectam desse Mundo.
Mas mesmo assim, obrigada por todos os textos postados por vc neste Blog, vc não sabe, mas me ajudaram muito.

Super Beijo

http://www.anelise-detudoumpouco.blogspot.com

Farroba disse...

Vou ficar com saudades...

Até breve...

Beijinhos.

Beijos de Rosas disse...

Espero que a tua "ausência" , seja breve...ler-te...faz-me bem!
Obrigada por cada tom azul, que me desperta em cada texto teu.

Beijinhos num até jáaaa!!!!!!!!!!!

Narcisa D'Almeida disse...

hmm. vais embora? :(

Anónimo disse...

Continuo a ler-te com alguma regularidade, embora não comente há algum tempo, por isso, respeitando obviamente a tua decisão, gostaria muito de saber do teu novo paradeiro... :)

Abraço

(sotavento)

Dee disse...

E só agora vi isto! Desculpa, mas não é justo deixares-me assim!

Lone D®@gon disse...

Que pena
amante que sou do azul
“mergulhante” quando posso da alma
aqui descubro você... que se vai
Espero que volte, mas não calma
Venha rápido!
Gostei desse teu habitat...
Que o outro que você crie
seja assim
com esse quê de simples
na ótica do espetacular
Como esse azul
que quase brinca de ser green
Um azul descambando pra outras cores
e mesmo que fuja de novo
de sua meta terapêutica
que venha assim suave e azulada
recheada de hermenêutica
Podem idéias estar transmutadas em flores
como palavras escolhidas pela intuição
em textos tão atores quanto canções?
Com esse azul
Que mesmo que celeste
E não marinho
Me diga mais dos meus oceanos
Em seus escritos completos de aero-planos
Antoine já afirmou
que és eternamente responsável por quem cativas
portanto não me deixe sozinho
não desapareça
por que por sua culpa
na minha cabeça
(cabeça deslocada pela espinha de catapulta)
algo já acreditava que minha alma
(não azul)
Ainda estava sagaz e muito viva

Não se demore...
ou quer que eu implore
em algum futuro blues?!?!

- Ode a Alma Azul -
27/05/2010
23:07h
(Mu®illo diM@ttos)

Sônia Silvino disse...

Olá!
Passei, entrei e gostei daqui!
Te sigo! E te convido a conhecer os meus blogs.
Ficarei muito feliz com a tua participação!

"Saber Viver


Não sei... Se a vida é curta
Ou longa demais pra nós,
Mas sei que nada do que vivemos
Tem sentido, se não tocamos o coração das pessoas.

Muitas vezes basta ser:
Colo que acolhe,
Braço que envolve,
Palavra que conforta,
Silêncio que respeita,
Alegria que contagia,
Lágrima que corre,
Olhar que acaricia,
Desejo que sacia,
Amor que promove.

E isso não é coisa de outro mundo,
É o que dá sentido à vida.
É o que faz com que ela
Não seja nem curta,
Nem longa demais,
Mas que seja intensa,
Verdadeira, pura... Enquanto durar"
Cora Coralina

Bjkas, muitas!!!
Sônia Silvino's Blogs
http://blogsdasoniasilvino.blogspot.com

Geraldo Brito (Dado) disse...

Good bye!
Saudações e parabéns pelo extinto blog!

Ela disse...

Puxa vida! Agora que cheguei... De qualquer forma, foi bom conhecê-la!

CLAUDIO DAMASCENO disse...

Belo.

www.casdamasceno.blogspot.com

Anónimo disse...

Pois..é claro que já não vais ler nada disto..mas tão pouco interessa..um bem hajas, até sempre..

No computador passei longas horas fora da solidão ao ler-te ou a tentar ler-te..

Abraço

intruso

raiih disse...

mt bonito tudo aqui :)
adorei as postagens
estou te seguindo :) me segue tb ?
http://ela-eo-poder.blogspot.com/

beijos

Letícia Nunes disse...

PARABÉNS CARA ... VISITE O MEU BLOG

http://fireflieswords.blogspot.com/

mfc disse...

Há sempre um tempo para partir... e um outro para regressar.
Um beijo grande.