10 abril, 2010

Desencanto

Bandeira Branca

E a estrela perdeu-se na noite deserta...
Tentar procurá-la, para quê, se era em vão?
Deixaram-me em casa com a porta aberta.
Mas eu bem compreendo que estou em prisão.

Talvez que pensassem mal imaginário
a mágoa duns olhos em rosto bravio.
Mas eu bem me sinto peixe em aquário,
e sei a amargura de sonhá-lo rio.

Mas eu bem compreendo o cruel desalento
dos gestos frustrados, perdidos no ar.
Foi curta a mensagem, findou meu tormento.
E não vale a pena o que está por contar.

Maria Manuela Couto Viana
in Antologia de Mulheres Portuguesas

Foto: OMEN by Anthony Indianos

1 comentário:

Anónimo disse...

Please see! Money as debt

http://www.youtube.com/watch?v=vVkFb26u9g8

ZEITGEIST: ADDENDUM

http://www.zeitgeistmovie.com/

project camelot magnetic motor

http://www.youtube.com/watch?v=hkgyY47duCM

Importante please pass forward