21 abril, 2007

O Temp(l)o

Desde o tempo em que eu consegui finalmente a capacidade de julgar o mundoo em que me encontro que a ideia de tempo me revoltou. Saber que estou aqui nas por um tempo limitado e ainda por cima indefinido produz em mim uma sensaçao que a nao ser raiva é algo bem parecido!
Desde essa altura que tenho a paranoia, sim acho que ja se tornou paranoia, do tempo!
E o meu caso esta a agravar-se bastante nos ultimos tempos, porque tenho andado sem tempo. Sem tempo para nada! Sem tempo para os amigos, sem tempo para a familia, e principalmente sem tempo para mim e para as cosas que me dao prazer!
A familia já me conhece e já está acustumada, os amigos reclamam mas desculpam-me... (Nem todos :-X)
Mas e eu!?
Eu nao me consigo perdoar... E tu, perdoas-me?
Tenho a plena consciencia que nunca mais recuperarei esse tempo que nao vos dou... que nao tenho...

O tempo é assim... quando se nota já é passado

.

2 comentários:

:) disse...

muita gente diz q o tempo é inimigo do amor, que as relaçoes se desgastam com o passar dos meses e anos. mas, isso nao é verdade, pois vêm os dias, as noites, mudam as luas e as estaçoes e eu continuo amar te com a mesma paixão do inicio. na verdade, sinto como se o tempo reforçasse os nossos sentimentos a cada dia, como se os laços q nos unem estivessem mais estreitos e firmes a cada minuto. e o melhor é que esses laços apertados nao nos oprimem nem limitam os nossos movimentos, nao nos retiram a liberdade individual mas, pelo contrario, dao nos a sensaçao exacta da grandiosidade do amor, este sentimento q permite que nos completemos uma na outra sem deixarmos de seremos nós mesmas! eu amo te. cada vez mais a cada dia, pq sei q juntas somos capazes de vencer todas as barreiras, de vencer as horas, os dias, a distancia q nos separa. somos capazes de voar sobre as asas do tempo, sugando os bons ares da experiencia q ele nos proporciona, tornando nos cada vez mais confiantes na eternidade deste sentimento q nos une. e valorizo cada minuto q passamos juntas, quando nao te tenho...recordo todos os bons momentos q ja desfrutamos ao longo destes 541(lol)dias da nossa relação...

Patrícia disse...

Peço desculpa por me intrometer neste post (three is a crowd), mas queria dizer que compreendo bem. Muitíssimo bem. Embora o avançar da idade não me faça confusão (gostava de viver até aos 100! :) ), causa-me tristeza perceber que, aos 27, ainda não consegui realizar os sonhos que queria ver conseguidos aos 20. Assusta-me pensar que tantos dias são desperdiçados. Que deveria ter mais momentos felizes.

Bem... agora deixo-vos com a vossa felicidade e compreensão mútua. :)