09 março, 2010

Segunda carta (breve) para um possível amor

 
Hoje escrevo-te para te dizer que entre o muito próximo e o distante não sei onde te coloque.
Por vezes fico confusa. Nem sempre tenho certeza de ver bem.
 Temo todas as confusões que eu faço. (Faço tantas!)
Por vezes, sei que vivo num mundo paralelo ao dos outros. Os outros são a maioria. Não sei se tu estás lá ou cá, se estás aqui ou lá.
Há vezes em que estás aqui bem junto, posso sentir -te o calor. Por outras vezes… não sei o que pensar. Talvez estejas algures em um lugar onde eu não encontrei a chave para entrar.
- Podes ajudar-me a encontrar?
Um bom desafio pode-me prender… Mas não me incomoda perder-me nos meus próprios labirintos. 
Um beijo, breve...

2 comentários:

Beijos de Rosas disse...

Estou aqui...neste labirinto de emoções perfumadas...ENCONTREI-TE!! :)

Um beijo reconfortante

Beijos de Rosas disse...
Este comentário foi removido pelo autor.