10 agosto, 2009

Geração quê?

... Numa destas conversas de noites de Verão, onde se fala de tudo menos de trabalho, porque a maioria esta de férias, e quem não está, como é o meu caso, tenta não pensar demasiado no trabalho, o assunto da mesa era Geração Quê?
Como somos um grupo muito heterogéneo no que se refere a idades, este acaba por ser um assunto que vem muitas vezes à baila. Mal que tal, lá há alguém que diz "pois ainda és um miúdo", ou "isso somos nós os da velha guarda".
Assim, o assunto que sobre gerações acabou com cada um a identificar a geração da qual fazia parte, que verdade seja dita, pouco teve a ver com a idade. Definitivamente, este grupo tem a geração distorcida. Desde dos putos dos 18 anos a dizerem que são da geração de oitenta, até o pessoal das 70's a dizer que a geração noventa é que era.
Definitivamente, cheguei à conclusão que a maioria é da geração dos que não se identifica com a sua geração. Poderia chamar-nos "geração do contra".

(Houve quem sugerisse transviados o que me pareceu bastante bem!)
Pois, é a única forma de eu conseguir identificar-me com alguma geração, porque isto de gostar e me identificar com tudo é uma grande salganhada.

Será que é fácil identificar-nos com uma geração?

3 comentários:

mfc disse...

Há diferenças, mas não são assim tão marcantes no que ao essencial respeita.

Dantins disse...

Eu acredito que há muitas características idênticas numa geração, muito devido à cultura, modas,contrariedades... a que estão expostos num determinado período de tempo.

No entanto, há sempre as particularidades de cada um que nos tornam todos diferentes de todos os outros.

Maria Tuga disse...

Eu bem queria fazer um comentário sobre o "Mau Feitio", mas o site não deixa. Será uma qestão geracional?