16 junho, 2005

Baque

Image hosted by Photobucket.com


Como um rasgo na alma
Bateste-me assim na vista!
E assim partiste…
Eu...
Não recupero
Da chapada.

Alter-Ego: Vladimir Clearside

4 comentários:

Carlos Barros disse...

é uma escolha...e um salto para dentro de coisas bonitas.

AS disse...

O poema e a imagem em perfeita sintonia!
... mas os rasgos na alma, sempre se consertam, assim nós o queiramos.

Um beijo

AlmaAzul disse...

Carlos, assim espero :). Bem-vindo.

frog, estou atratar disso ;). Obrigada.

Beijos_azuis

Anónimo disse...

Excellent, love it! film editing classes